Jornal Visão | Ciganos suspeitos de matar PM em Jeremoabo são presos durante operação da polícia no Pará

Ciganos suspeitos de matar PM em Jeremoabo são presos durante operação da polícia no Pará

Por: Redação Jornal Visão

Cinco suspIeitos de participação no assassinato do soldado da Polícia Militar, José Bomfim, foram presos nesta terça-feira (26), pela Polícia Civil do Pará que deu cumprimento aos mandados de prisão temporária expedidos pela Comarca de Jeremoabo- BA. No momento da prisão, os foragidos usavam documentos falsificados.

 

Foram cumpridos cinco mandados de prisão contra o cigano Gelson da Silva, seus filhos Rogério Matos da Silva e Bruno Jordão Matos da Silva, o irmão Cosme Silva de Jesus e Carlos Daniel Santos Lima, que foram localizados pela polícia na cidade de Castanhal, no Pará, onde estavam escondidos há 20 dias. Na ação foram apreendidas duas armas de fogo e a quantia de R$ 27.955,00.

De acordo com as investigações, após o crime que ocorreu no dia 2 de novembro, na cidade de Jeremoabo, durante uma briga em um bar da cidade, os ciganos com aproximadamente 20 familiares fugiram e passaram um período escondido no município de Cascavel, no Ceará. E há cerca de 20 dias, se mudaram para Casanhal.Os acusados estavam residindo numa kitnet, no bairro Saudade II.

A operação é resultado da investigação da Polícia Civil( 18ª Coorpin) e do SSP-BA, que contou com o apoio das Polícias Civis do Ceará e do Pará, especificamente dos Departamentos de Inteligências desses estados, além do Judiciário e do Ministério Público.

Além de cumprir os mandados, a polícia do Pará autuou os cinco em flagrante por associação criminosa, posse ilegal de arma de fogo e uso de documento falso. Eles agora aguardam transferência para a Bahia.

Fonte Chico Sabe Tudo

Veja Mais


Copyright © 2016 Jornal Visão. Todos os Direitos Reservados.



Desenvolvido por:

Logo do Desenvolvedor: Paksi Soluções em Tecnologia