Jornal Visão | Locutor Arnaldo Ferreira completa 20 anos de rádio: o missionário da comunicação

Locutor Arnaldo Ferreira completa 20 anos de rádio: o missionário da comunicação

Por: Redação Jornal Visão

O comunicador Arnaldo Ferreira ‘Pastor Arnaldo’ – presbítero da igreja Assembleia de Deus – completou 20 anos de profissão, e aproveitou para agradecer aos parceiros e incentivadores que o apresentaram ao meio de comunicação mais popular do Brasil: o rádio.

Arnaldo na sessão da Câmara Municipal de Paulo Afonso. ″O pessoal dizia que eu tinha voz de locutor, sempre fui apaixonado por rádio, desde criança que eu ouvia a Rádio Globo, imitava os locutores e depois que as rádios chegaram em Paulo Afonso aí foi uma alegria″, relembra.

Arnaldo Ferreira começou na rádio Maranata que ficava no BTN, ficou um ano por lá, passou pela Bahia Nordeste, onde fazia um programa noturno aos domingos, ficando no ar quatro anos e finalmente migrou para a rádio Betel, onde trabalha há 15 anos.

A sobrevivência com esta profissão não é fácil, como você avalia?

É difícil porque a comunicação de uma forma ou de outra acaba sendo reprimida pelos poderes. Tem os contratos e você fica sem poder expor o que realmente pensa, porque você fica discriminado e até fora do mercado. Não se trata apenas do rádio. Mas quando se faz um trabalho sério como você e outros fazem nós conseguimos sobreviver. Mesmo estando direcionado para um determinado seguimento, como é o meu caso que faço programas evangélicos, mas tenho todos os públicos porque as pessoas levam em consideração a credibilidade.

Arnaldo completou 20 anos de rádio, começou na antiga Maranata.

 

Arnaldo disse que foi vendedor por 28 anos, mas desafio mesmo é ‘vender’ a conversa. ″Me queixo apenas que há uma certa desunião entre nós da imprensa, éramos para viver em união, pois de toda sorte somos nós que levamos as informações as pessoas, às vezes boas e outras ruins″.

Arnaldo agradeceu à Betel FM pela oportunidade de mostrar seu trabalho e as demais por qual passou. ″Eu já fui assessor de vários vereadores, o pessoal ainda incentiva que eu saia candidato, mas não tive essa vontade, sou pé quente na política, todos que eu apoiei ganharam (risos)″.

Fonte: PA4

Veja Mais


Copyright © 2016 Jornal Visão. Todos os Direitos Reservados.



Desenvolvido por:

Logo do Desenvolvedor: Paksi Soluções em Tecnologia