Jornal Visão | Paulo Afonso: Vídeo monitoramento reduziu em 60% violência nas escolas municipais

Paulo Afonso: Vídeo monitoramento reduziu em 60% violência nas escolas municipais

Por: Redação Jornal Visão

A redução da violência nas escolas é fruto de um trabalho eficaz realizado pela Central de Monitoramento, que ao menor sinal de algo suspeito, desloca uma equipe ao local e avisa à polícia.

Nesta terça-feira (20), o prefeito Luiz de Deus realizou uma visita à sala de vídeo monitoramento da Guarda Municipal. O chefe do Executivo esteve no prédio para parabenizar o trabalho realizado pela corporação, uma vez que a implantação das câmeras em diversos pontos da cidade e em 26 escolas municipais conseguiu reduzir em 60% a violência no entorno das unidades escolares.

Na oportunidade, o prefeito ressaltou a importância do sistema como ferramenta das ações de combate à violência no município. “Estamos muito felizes em saber que essa ação da Prefeitura tem contribuído para a redução da violência no entorno das escolas. É gratificante colaborar com o trabalho da polícia e fazer com que a população sinta-se mais segura no município onde mora”, frisou Luiz.

A redução da violência nas escolas é fruto de um trabalho eficaz realizado pela Central de Monitoramento, que ao menor sinal de algo suspeito, desloca uma equipe ao local e avisa à polícia. De acordo com o secretário de Administração, Hermes Benzota Júnior, como as escolas são monitoradas 24 horas, inclusive com câmeras na área externa, houve uma inibição dos atos de violência praticados. “Com as câmeras e o monitoramento a ação dos bandidos ficou mais difícil, o que ajudou a reduzir os índices de violência na própria comunidade”, explicou. Além das escolas, o programa de vídeo monitoramento contempla diversas áreas da cidade, com câmeras instaladas em locais estratégicos.

Segundo Júnior, a gestão estuda agora a possibilidade de implantação do sistema nas unidades de ensino da área rural, que demanda um projeto específico, uma vez que para a execução do monitoramento é necessário internet e cabeamento de fibra ótica. “Estamos avançando a cada dia com o projeto de vídeo monitoramento. Finalizamos todas as escolas da área urbana e agora estudamos a possibilidade de implantação da área rural. Este é, sem dúvida, um dos maiores projetos de segurança do nosso município”, explica.

O comandante do Comsetran, Cleston Andrade Cavalcante, responsável também pelo acompanhamento das imagens junto à Guarda Municipal, explica que o resultado positivo é reflexo de um trabalho constante de aprimoramento dos guardas. “Os guardas municipais responsáveis pelo acompanhamento das imagens passaram por treinamento especial, e estão capacitados para acompanhar as demandas e repassá-las para os órgãos competentes, como é o caso da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros”, explicou Cleston.

Ele destaca que as câmeras possuem um controle de giro e de zoom, o que facilita a visualização. “São equipamentos que têm um controle que nos permite uma visão bem ampla. Além disso, podemos observar a situação do trânsito porque, com o zoom, verificamos se houve infração e identificamos as placas dos veículos “, explicou.

 

A atribuição do monitoramento aos guardas foi regulamentada pela lei nº 13.022, que prevê ações para a classe na prevenção à violência, proteção dos direitos humanos fundamentais, exercício da cidadania e das liberdades públicas, preservação da vida e patrulhamento preventivo, dentre outros.

Fonte: ASCOM/PMPA

Veja Mais


Copyright © 2016 Jornal Visão. Todos os Direitos Reservados.



Desenvolvido por:

Logo do Desenvolvedor: Paksi Soluções em Tecnologia